PM mata o próprio filho após briga na zona oeste de SP

O cabo Mauricio Ribeiro, que trabalha há 27 anos na Polícia Militar, matou o próprio filho a tiros neste domingo após discussão e briga no bairro Jardim Fernandes, zona oeste de São Paulo. Segundo a PM, a vítima teria chegado sob efeito de drogas em casa.

Ribeiro discutiu com o filho e, durante uma briga, disparou contra ele. A mulher do PM tentou separar a briga e foi atingida de raspão. O cabo foi levado ao 53º DP e, depois, transferido ao presídio militar Romão Gomes.