SP: Volta a funcionar uma das vias interrompidas após colisão de trens

São Paulo – A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) recolocou em funcionamento hoje (20), no fim da tarde, uma das duas vias da Linha 7-Rubi afetadas pelo acidente de quarta-feira (18). A circulação de trens estava interrompida no trecho entre as estações Franco da Rocha e Baltazar Fidelis por causa da colisão entre um cargueiro da empresa MRS Logística e um trem da CPTM. O acidente deixou 13 pessoas feridas. 

 As composições transitam na única via liberada em sistema intercalado, ou seja, ora a via é liberada para o trem que segue para a capital, ora para o que vai para o interior. A companhia ainda não tem previsão de quando será liberada a segunda via. Mesmo com uma via livre para circulação das composições, o Plano de Atendimento entre Empresas em Situação de Emergência (Paese), feito por ônibus, continua ativo. 

 O acidente ocorreu após uma locomotiva da MRS Logística, que transportava bauxita, descarrilar e atingir o último vagão de um trem de passageiros da CPTM, em Franco da Rocha, zona oeste da capital. De acordo com a CPTM, a linha é usada diariamente por 429 mil pessoas, em média.