Piauí faz maior apreensão de drogas em terra de romaria de fiéis

Uma operação batizada de Cannabis apreendeu mais de 1,5 tonelada de maconha em uma fazenda no município de Santa Cruz dos Milagres, a 181 quilômetros de Teresina, capital do Piauí. A cidade é uma das principais rotas de peregrinação de fiéis católicos na romaria por uma cruz milagrosa. Segundo a Polícia Civil, é a maior apreensão de drogas já feita no Estado. Duas pessoas foram presas e três estão foragidas.

O delegado Willame Moraes, titular da Delegacia de Repressão ao Entorpecente, informou que a apreensão foi feita após denúncia anônima. O plantio ficava em local isolado e de difícil acesso. A fazenda tem 140 mil hectares de terras e localiza-se a 19 quilômetros da sede da cidade, em mata fechada.

"É uma fazenda que fica ao lado do rio São Nicolau, e essa aproximação com o rio favorecia o plantio da maconha”, afirmou Moraes. O delegado Geral da Polícia Civil do Piauí, James Guerra, informou que as principais roças de drogas localizadas no Estado usavam a mesma tecnologia. “São técnicas vindas de Pernambuco usando água em abundância. Essa droga não tinha como destino o Piauí, mas cidades pernambucanas", informou ele. A droga está avaliada em R$ 300 mil e será incinerada na tarde desta segunda por questões de segurança.