Sul do país registra primeira neve do ano nesta segunda-feira

A cidade de São Joaquim, na serra catarinense, registrou a primeira ocorrência de neve por volta das 4h30 desta segunda-feira. O fenômeno voltou a ocorrer pela manhã. Segundo a Epagri/Ciram, também nevou em outros municípios catarinenses, como Lages, São Miguel do Oeste, Pinhalzinho, Chapecó e Xanxerê.

"Neve em Chapecó e nas cidades do oeste é pouco frequente, mas não é algo raro", informou o meteorologista Marcelo Martins. Segundo ele, foi registrado ainda chuva congelada em São Joaquim, Catanduvas, Xanxerê, Água Doce, Campos Novos, Joaçaba e São Domingos. 

Também há registros de neve em municípios do Rio Grande do Sul, ainda não confirmados. O frio intenso é provocado por uma super onda de frio que começou a invadir o Brasil nesta segunda-feira. Quase todo o Rio Grande do Sul, o centro oeste, sul de Santa Catarina e o sul do Paraná registravam temperatura abaixo de 5°C por volta das 6h da manhã.

Como o frio intenso persiste e a umidade continua alta na maior parte do Sul do Brasil, a previsão da Climatempo indica que isso favorecer a queda de neve ao longo do dia em áreas de planalto e serra do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e o sul do Paraná. "A condição é de neve que possa acumular, mas ficará mais propício nas partes mais altas do planalto sul do Estado, como São Joaquim, Bom Jardim, Painel, Urubici e Urupema", informou Martins.

Possibilidade de neve em Curitiba

Na terça-feira, as condições para a ocorrência de neve persistem sobre parte do Sul do Brasil. Há possibilidade do fenômeno da madrugada de terça-feira no leste do Paraná, incluindo áreas da Grande Curitiba.

De acordo com a Climatempo, a última vez que nevou na capital paranaense foi em 1975, uma histórica nevada que cobriu Curitiba com uma grossa camada de neve. Outras áreas no centro-sul do Paraná também poderá registrar o fenômeno. Áreas de planalto e serra de Santa Catarina e a serra do Rio Grande do Sul ainda poderão ter mais neve nesta terça-feira.