Protesto contra obras da Copa reúne centenas em Porto Alegre

Manifestantes se reuniram nesta quinta-feira no posto de saúde da vila Cruzeiro, zona sul de Porto Alegre, para protestar contra a duplicação da avenida Moab Caldas, conhecida como Tronco, que acarretará na remoção de famílias da área. A obra faz parte do pacote para a Copa do Mundo de 2014. O ato na Grande Cruzeiro, que agrega as vilas Cruzeiro e Tronco, foi combinado em assembleia na segunda-feira, e visa também à luta pelo passe livre nos ônibus da capital gaúcha.

Pelo menos 300 pessoas começaram a se concentrar no local por volta das 17h, e começaram uma marcha em direção ao Centro duas horas depois. Em frente a prefeitura, a Brigada Militar reforçava a segurança.

Outros protestos, como o de estudantes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), já deixavam o trânsito complicado na região central, no início da noite. Havia lentidão até a avenida Siqueira Campos.