MG: morre garoto de 12 anos baleado por policial em protesto

Morreu na manhã desta quinta-feira o garoto de 12 anos que foi baleado por um policial militar reformado durante um protesto em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte, na segunda-feira (1). A morte cerebral foi confirmada pela Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig) e a família decidiu doar os órgãos.

O menino estava internado no Hospital de Pronto Socorro João XXIII desde a última segunda-feira. Segundo informações de testemunhas, o problema aconteceu durante protestos de moradores contra a prefeitura municipal da cidade metropolitana, onde populares colocavam fogo em sacolas de lixo nas ruas. 

O policial não gostou da atitude e foi tirar satisfação. No momento da confusão ele ficou nervoso, sacou a arma e atirou. A única bala disparada atingiu a cabeça do adolescente.

O garoto foi rapidamente levado para o Pronto Atendimento do bairro São Benedito e, logo após, encaminhado para o João XXIII, no centro de Belo Horizonte, que tem mais estrutura para casos urgentes.

O Policial Vanderley Gomes, de 72 anos, foi preso e está no 1º batalhão da Polícia Militar. O revolver usado no crime foi apreendido.