Protestos deixam lentos 6 trechos da Fernão Dias entre MG e SP

 Um protesto deixa a rodovia Fernão Dias, que liga Belo Horizonte a São Paulo, com ao menos seis pontos de congestionamento na manhã desta quarta-feira, segundo a concessionária que administra o trecho. A lentidão ocorre nos quilômetros 512, em Igarapé (MG); 589, em Carmópolis de Minas (MG); 617, na região de Oliveira (MG); 636, em Santo Antônio de Amparo; 505 ao 512, em São Joaquim de Bicas (MG), e 520 ao 512, na região de Brumadinho (MG).

A manifestação teve início às 6h20 de ontem e segundo a Autopista Fernão Dias, somente a pista 2 e o acostamento estão totalmente bloqueados. A pista 1 é foi liberada para a passagem de veículos pequenos, ônibus e ambulâncias. Já os condutores de caminhões e carretas estão sendo impedidos de prosseguir pelos manifestantes. Os caminhoneiros exigem reunião de representantes do governo com líderes da categoria. 

No fim da tarde de ontem, a Justiça mineira determinou, por meio de uma liminar, o desbloqueio imediato de todas as rodovias federais no Estado que estejam interditadas por caminhoneiros. Foram citados como réus a União Geral dos Trabalhadores de Minas Gerais (UGT-MG) e o Sindicato dos Transportes Autônomos de Carga de Minas Gerais (Sinditac-MG).