Polícia já prendeu 24 pessoas em manifestação em Belo Horizonte

A Polícia Militar de Minas Gerais confirmou a prisão de 24 pessoas até o momento em Belo Horizonte durante as manifestações na cidade, por estarem portando material que pode ser usado em atos de vandalismo, como bombas caseiras, pedras, barras de ferro e pedaços de madeira. 

Uma concessionária de carros foi incendiada durante o protesto e neste momento há um confronto entre um grupo de manifestantes e policiais. Uma pessoa ficou ferida ao cair do viaduto na Avenida Antônio Carlos e foi levada em estado grave ao hospital.

Segundo a PM, cerca de 40 mil pessoas participam das manifestações em Belo Horizonte, a maioria em clima pacífico. Eles seguiram pela Avenida Antônio Carlos, em direção ao Mineirão, estádio onde a seleção brasileira enfrentou o Uruguai pela semifinal da Copa das Confederações.

Organizados, principalmente, por meio das redes sociais, os manifestantes usam cartazes e faixas para protestar contra os gastos relativos à Copa, a corrupção e para cobrar mais transparência na administração pública. O protesto conta, também, com a participação de integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), que cobram a aceleração no processo de reforma agrária.