SC: manifestantes fazem ato por tarifa zero diante de Catedral

Cerca de 500 manifestantes, de acordo com os cálculos da Guarda Municipal, protestam pela tarifa zero diante da Catedral Metropolitana de Florianópolis, na tarde desta terça-feira.

O manifesto, organizado pelo Movimento do Passe Livre (MPL) na capital catarinense, reúne em sua maioria estudantes da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e integrantes de partidos políticos de esquerda. 

O grupo pede a tarifa zero para estudantes e protesta contra o prefeito César Souza Júnior (PSD). O prédio da prefeitura, localizado diante da Catedral, foi cercado por policiais militares e integrantes da Guarda Municipal. Os manifestantes exigem uma audiência com o prefeito.

Duas manifestações distintas marcam a terça-feira em Florianópolis. Além do ato organizado pelo MPL, outro protesto está sendo mobilizado para o início da noite diante do Terminal de Integração Centro (Ticen). Os organizadores deste manifesto informaram por intermédio das redes sociais que não irão “tolerar” a presença de militantes de partidos políticos.