Alckmin reduz tarifas de ônibus em 48 cidades

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, anunciou que, a partir da próxima segunda-feira, serão reduzidas as tarifas de ônibus das linhas operadas pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos em 48 cidades, das quais 39 na região metropolitana de São Paulo e nove na Baixada Santista. São 40 tipos de tarifas que terão desconto médio de R$ 0,15.

A medida estende a redução da passagem ocorrida na cidade de São Paulo. Além disso, o governador manifestou a expectativa de que o estado receba o maior valor possível dos repasses do governo federal, por meio do pacto da mobilidade urbana, que prevê investimentos no valor de R$ 50 bilhões.

Segundo ele, o governo paulista tem três projetos prontos que, pelas contas preliminares, devem superar R$ 3 bilhões. Um destes projetos é o corredor de ônibus entre as cidades de Nova Odessa, Americana e Santa Bárbara D'Oeste, no noroeste paulista, em uma extensão de 24,5 quilômetros a um custo estimado de R$ 380 milhões.

O outro projeto é a melhoria da qualidade dos serviços da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, envolvendo a reforma de 30 estações e gastos orçados em R$ 1,2 bilhão. O terceiro projeto refere-se ao prolongamento da Linha 5 do metrô, ligando os bairros de Capão Redondo, Largo 13 de Santo Amaro até o Jardim Ângela, na zona sul.