Presidente da Câmara antecipa retorno e chega hoje a Brasília

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, antecipou seu retorno ao Brasil para esta quinta-feira (20). Ele embarcou na madrugada em voo em São Petersburgo, na Rússia, e deverá desembarcar em São Paulo às 16 horas, de onde segue direto para Brasília.

Henrique Eduardo Alves quer acompanhar de perto as manifestações populares previstas para hoje no Distrito Federal. Em todo o momento em que esteve em Moscou e em São Petersburgo, o presidente da Câmara esteve em permanente contato com a diretoria-geral, com o presidente em exercício, André Vargas (PT-PR), e com o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz.

Também retorna ao Brasil, junto de Henrique Eduardo Alves, o líder do governo, Arlindo Chinaglia (PT-SP). Os outros deputados que estão em missão oficial na Rússia deverão voltar ao Brasil na sexta-feira (21). Hoje, a agenda da missão oficial foi coordenada pelo líder do PMDB, Eduardo Cunha (RJ). Ainda permanecem em São Petersburgo os líderes do PPS, Rubens Bueno (PR); do DEM, Ronaldo Caiado (GO); e os deputados Bruno Araújo (PSDB-PR), Fábio Ramalho (PV-MG) e Felipe Maia (DEM-RN).

Corte Constitucional

Nesta quinta-feira, a delegação brasileira reuniu-se com dirigientes da Corte Constitucional da Federação Russa. Na reunião, os parlamentares conversaram sobre as diferenças e semelhanças dos sistemas judiciários brasileiro e russo. O presidente da Corte, Valery Zorkin, ficou impressionado com o acesso da população brasileira às informações do Poder Judiciário, particularmente com o sistema de comunicação que inclui a TV Justiça.

Ainda nesta quinta-feira, a missão oficial esteve na Assembleia Legislativa de São Petersburgo, onde foi recebida pelo presidente da Casa, Viatcheslav Makarov. Ele manifestou o interesse em reforçar as relações culturais e comerciais entre os dois países, especialmente para fortalecer o Brics, grupo de países que inclui Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.


Agência Câmara