Dilma cancela viagem ao Japão por causa das manifestações

Em meio à onda de protestos que já levou centenas de milhares de pessoas às ruas, a presidente Dilma Rousseff decidiu cancelar uma visita de Estado que faria ao Japão. Dilma embarcaria para Tóquio no próximo domingo, mas decidiu adiar a viagem para data ainda a ser definida.

“Ela não quer ficar uma semana longe do Brasil neste período de manifestação”, argumenta a Secretaria de Comunicação da Presidência da República.

Com o cancelamento da viagem, a presidente também remarcou para a semana que vem a ida que faria amanhã a Salvador (BA). Segundo o governador do Estado, Jaques Wagner, por causa do jogo da Seleção de futebol no sábado, alguns governadores de Estados nordestinos estavam encontrando dificuldades para chegar à capital baiana. Na Bahia, Dilma lançará o Plano Safra voltado ao semiárido.