Manifestantes liderados pelo MTST voltam a fechar a Via Anchieta

Manifestantes liderados pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) fecharam novamente há pouco a Via Anchieta, na altura do km 18, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Duas faixas da pista norte, sentido litoral, ficaram interditas por cerca de 30 minutos.

O grupo já havia fechado a rodovia, no início da manhã, e em seguida se dirigiu ao Paço Municipal, onde fez um ato contra o aumento da tarifa do transporte coletivo.

A estudante Mariana Deodoto, 22 anos, que faz cursinho pré-universitário, conta que o grupo inicial era composto por 30 pessoas e contava com a presença de alunos e professores. “A gente já participa do movimento na capital, mas quer fazer isso chegar aqui em São Bernardo.”

Há também pessoas que participam do protesto contra o aumento das tarifas pela primeira vez, como o estudante Roberto César Souza, 25 anos. “Estava passando por aqui e decidi participar. É um absurdo que a tarifa em São Bernardo seja mais cara que na capital”, declarou.

Após fechar novamente a rodovia, o grupo composto por cerca de 250 pessoas se dispersou por bairros de São Bernardo do Campo.