Em greve, servidores da Saúde passam a noite na Assembleia Legislativa de SP

Cerca de 80 profissionais da saúde do Estado de São Paulo, em greve há mais de um mês, passaram a noite no plenário principal da Assembleia Legislativa, na zona sul da capital. Segundo informações do Bom Dia SP, o grupo chegou ao plenário na tarde de ontem e informou que vai permanecer no local até as 10h. A categoria faz uma série de reivindicações ao governo estadual.

De acordo com os grevistas, o atual vale-refeição dos servidores é de R$ 8 e o grupo exige receber R$ 26 diários. Além disso, a categoria pede um aumento salarial de R$ 32,2%, a criação de prêmios e incentivos salarias e maior transparência na utilização da verba destinada à Saúde. Uma viatura da Polícia Militar acompanha do lado de fora do prédio.