Pagamento antecipado pode ter gerado boato sobre Bolsa Família, diz PF

A Polícia Federal acredita que a antecipação do pagamento do Bolsa Família pela Caixa Econômica Federal tenha sido o principal motivo da criação de boatos sobre o encerramento do programa, que levou milhares de beneficiados às agências bancárias de todo o Brasil há duas semanas. 

Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, investigadores ouviram os primeiros sacadores do benefício nos 13 estados onde ocorreram os tumultos e apontam os erros cometidos pela Caixa como o mais importante foco do caso.

Segundo a PF, após a liberação antecipada do pagamento, uma expressiva quantidade de beneficiários do programa passou a ir aos bancos retirar o dinheiro. Por não possuir o volume de cédulas disponível para tantos sacadores, as agências ficaram sem dinheiro. 

Com isso, segundo os investigadores, os beneficiários podem ter iniciado o boato de que haveria o cancelamento do programa, que depois foi replicado por rádios comunitárias e pela internet. Os agentes esperam concluir os depoimentos nesta semana para responder se a difusão do boato ocorreu de maneira articulada ou não. Outras linhas de apuração ainda não estão descartadas.