Polícia de GO indicia homem por tentar matar casal com bomba em carro

A Polícia Civil de Goiás indiciou um homem por tentar matar um casal jogando uma bomba caseira dentro do carro onde os dois estavam, em Anápolis, a 60 quilômetros de Goiânia. Uingles Queiroz Costa, 30 anos, foi indiciado por dupla tentativa de homicídio de Thays Mendes, 19 anos, e Guilherme Almeida, 20 anos. O crime ocorreu no dia 5 de janeiro.

Segundo o delegado Álvaro Cássio dos Santos, titular da 2ª Delegacia Regional em Anápolis, o crime foi "imotivado". "Ele tem um problema mental e qualquer pessoa que estivesse passando por aquele local naquele momento era sujeita a ser vítima", disse o delegado.

De acordo com a polícia, provas técnicas e testemunhais apontaram para Costa como autor do crime. "Ele é aficionado em bombas, fazia pesquisas na internet sobre o assunto", afirmou o delegado Santos.  Em dezembro de 2012, o acusado já havia tentado lançar um explosivo em outra pessoa, mas ele acabou ferido no abdômen e precisou passar por uma cirurgia.

Em novembro do ano passado, Costa também tentou atacar uma lan house com uma bomba após um desentendimento com o proprietário. Segundo o delegado Santos, o dono do estabelecimento expulsou Costa e o proibiu de voltar à lan house após flagrar o cliente pesquisando na internet sobre a produção de bombas caseiras. Costa se irritou e tentou deixar um explosivo no local, mas o objeto foi encontrado e desativado pela Polícia Militar.

O acusado está preso sob prisão temporária, mas o delegado Éder Martins, do 7º Distrito Policial, pediu que ela seja transformada em prisão preventiva. O casal que foi vítima de Costa foi hospitalizado após o incidente, mas já recebeu alta.