Ricardo Ferraço assume Comissão de Relações Exteriores do Senado

Brasília - O senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES) foi eleito hoje (27) presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado. Indicado pelo PSDB, o vice-presidente será o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE).

Um dos primeiros desafios de Ferraço à frente da Comissão será a votação de indicações da presidenta Dilma Rousseff para novos embaixadores em dez países. Depois que os respectivos relatores – designados pelo presidente – concluírem os pareceres, todos os indicados serão sabatinados pela comissão.

Na lista de países estão a Armênia, o Azerbaijão, Belize, a Colômbia, Grécia, Hungria, o Timor Leste, a Tunísia, além da China e Argentina que devem concentrar os maiores debates devido às relações comerciais e políticas que mantêm com o Brasil. Também caberá à comissão analisar os nomes do Brasil para representante na Organização das Nações Unidas (ONU) e demais organismos internacionais em Genebra, na Suíça.

O senador Ricardo Ferraço não quis adiantar o que vai priorizar na pauta da comissão e marcou para amanhã (28), a primeira reunião. “Agora que sentamos na cadeira vamos compartilhar um programa de trabalho com os senadores e ouvir especialistas, a diplomacia brasileira, as Forças Armadas. Enfim, vamos tratar [tudo] de forma democrática”, disse Ferraço.

A senadora, Ana Amélia (PP-RS) adiantou que amanhã mesmo já deve apresentar um requerimento para que o reconhecimento nacional de diplomas de graduação e pós-graduação obtidos no exterior seja discutido em audiência pública.