Trabalhador morre esmagado em acidente com vagão de trem em Cubatão

O ajudante de serviços gerais Aécio dos Santos, 28 anos, morreu esmagado por um vagão de trem na noite desta última segunda-feira dentro de uma empresa de cimento na linha férrea de Cubatão (SP), em um parque industrial. De acordo com a TV Tribuna, emissora da baixada santista, o acidente ocorreu após o vagão de trem tombar em cima do trabalhador, enquanto ele descarregava a carga, em torno das 21h (de Brasília). 

Ele era contratado por uma prestadora de serviços e estava no emprego há seis meses. Funcionários que testemunharam o acidente disseram que Aécio foi ajudar um colega a abrir a porta de um dos vagões. Minutos depois, ele percebeu que o mesmo estava tombando. O trabalhador tentou pular para a mureta de proteção para fugir, mas não conseguiu.

Ainda de acordo com a reportagem, a perícia técnica da polícia esteve no local e o caso vai ser investigado pela Polícia Civil de Cubatão. A empresa  de cimento também está apurando as causas do acidente. 

O gerente da unidade, Adriano Soares, afirmou que o trabalhador usava todos os equipamentos de segurança: "eu queria reforçar que a gente toma todos os procedimentos para que não ocorra acidente independente da causa que ainda vai ser apurada. A gente lamenta muito a ocorrência". Segundo a TV Tribuna, o Corpo de Bombeiros da cidade foi acionado para ajudar a retirar o vagão de pouco mais de 20 toneladas, que ficou em cima do trabalhador.