Tragédia em Santa Maria repercute em Portugal

Os jornais portugueses desta manhã dão destaque ao incêndio ocorrido na boate Kiss, na cidade de Santa Maria, no Rio Grande do Sul. O jornal mais popular de Portugal¸ Correio da Manh㸠informa na primeira página que “Fogo em discoteca matou 233 no Brasil”. O tradicional Diário de Noticias traz na manchete “O terror na discoteca que matou 233”. O jornal O Público (também de Lisboa) explica que “o uso de um engenho pirotécnico numa discoteca no Sul do Brasil causou um desastre que provocou a morte de 232 jovens e mais de cem feridos”.

Durante o dia de ontem (27), os portugueses viram pela TV e pela internet imagens feitas por amadores, que mostravam a tragédia¸ os resgates e a atuação do Corpo de Bombeiros em Santa Maria.

O primeiro-ministro de Portugal, Pedro Passos Coelho, participava junto com a presidente Dilma Rousseff da Cúpula da Comunidade dos Estados Latino-Americanos, Caribe e União Europeia em Santiago, no Chile; de onde ela embarcou para prestar solidariedade aos parentes das vítimas em Santa Maria.

O presidente da República de Portugal, Aníbal Cavaco Silva, chegou a enviar carta de condolências a Dilma Rousseff. Na mensagem que ficou em destaque no site da Presidência de Portugal, Cavaco Silva afirmou que, “com profunda consternação”, tomou conhecimento “das trágicas consequências provocadas pelo incêndio numa discoteca, em Santa Maria”. Ele transmitiu “profundo pesar” e “solidariedade” à presidenta, às famílias das vítimas e ao povo brasileiro.

Os canais internacionais disponíveis em Portugal, inclusive de emissoras brasileiras, também transmitiram as cenas do incêndio no Rio Grande do Sul.

As notícias do Brasil causaram tanto impacto que dividiram a atenção do noticiário nacional com um grave acidente de ônibus com 11 mortos e 21 feridos. As pessoas participavam, na manhã de ontem, de uma excursão em Sertã na região central de Portugal, próxima a Coimbra.