Justiça libera cinco suspeitos de ligação com escutas ilegais em SP

Os últimos cinco suspeitos que haviam sido presos pela Operação Durkheim da Polícia Federal em 26 de novembro foram liberados na quarta-feira pela Justiça Federal. Foram soltos Itamar Ferreira Damião, vice-prefeito eleito de Nazaré Paulista (SP), um agente da Polícia Federal (PF) e três doleiros. As informações foram publicadas no jornal Folha de S. Paulo.

A decisão foi tomada por não haver denúncia do Ministério Público sobre todos os crimes nem perspectiva de quando a PF vai acabar a apuração. 

Na Durkheim foram investigadas escutas ilegais, crimes contra a administração e a remessa ilegal de dólares. Um dos alvos da escuta foi o ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD).