Assembleia Legislativa de SP suspende compra de nova frota

A Assembleia Legislativa de São Paulo suspendeu a licitação para compra de 150 carros oficiais que estava marcada para a manhã de hoje. A decisão foi publicada no Diário Oficial. O edital revogado foi redigido de maneira a restringir a participação de concorrentes. 

Apenas dois modelos de veículos estavam aptos a participar da licitação. No breve informe do pregoeiro, a Casa afirma que o adiamento se dá por tempo indeterminado e informa que ocorre para “reavaliação do edital"; As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Em nota, a Segunda Secretaria da Assembleia, comandada pelo deputado Aldo Demarchi (DEM), informou que a licitação foi suspensa "para análise técnica dos recursos protocolados". A secretaria, contudo, não informou qual o teor dos recursos e nem quem os apresentou. 

Dos dez carros sedan médio que competem no mercado, apenas dois modelos, o Corolla, da Toyota, e o C4 Pallas, da Citroën, atendiam às exigências do edital. Segundo o jornal, o edital foi direcionado porque os deputados queriam adquirir o Corolla, carro que tinham antes dos atuais Vectra, dos quais não gostam.