Polícia do Amazonas prende homem acusado de matar pai, tia e prima

A Polícia Civil do Amazonas prendeu na noite desta terça-feira, em Manaus, três suspeitos de envolvimento nas mortes da coordenadora de comércio exterior da superintendência da Zona Franca de Manaus Maria Graciele Belota, 59 anos, da filha dela, Gabriela Belota, 26 anos, e de seu irmão, Roberval Roberto de Britto, 63 anos. De acordo com a polícia, a cadela da família também foi encontrada morta na cena do crime, que aconteceu na madrugada de ontem.

Segundo as investigações da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o filho de Roberval, Jimmy Robert, 33 anos, planejou as mortes da tia, da prima e do próprio pai. O motivo alegado por Jimmy para os assassinatos é a herança deixada pelos parentes a ele.  

Segundo o outro suspeito do Crime, Rodrigo de Moraes Alves, 19 anos - que afirmou ter um relacionamento amoroso com Jimmy -, o crime foi planejado há aproximadamente três semanas e a ação teria sido planejada pelo próprio companheiro, que também convidou  Ruan Pablo Bruno Cláudio Magalhães, 18 anos anos, para participar da ação Os três acusados foram detidos em flagrante e devem permanecer encarcerados aguardando a decisão da justiça.