Mulher é morta após ser mantida refém por 5h pelo ex-marido em SP

Uma mulher morreu depois de o ex-marido mantê-la sob cárcere privado durante horas na madrugada desta quarta-feira na Zona Leste de São Paulo. 

O suspeito invadiu a casa na noite de terça, e manteve a professora refém por cerca de cinco horas, segundo informações da rádio CBN.

Na madrugada, policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate, grupo de elite da Polícia Militar) foram acionados para tentar libertar a vítima. 

Depois de negociações, houve a invasão da residência. A polícia não informou se a mulher foi morta durante as negociações ou no momento em que ocorreu a invasão.