MT: marido é preso após arrancar couro cabeludo da mulher

Um homem de 37 anos foi preso depois de arrancar parte do couro cabeludo da própria mulher em Tangará da Serra, no sudoeste do Mato Grosso. De acordo com a Polícia Civil, o homem atacou a mulher com uma faca quando ela chegou em casa e a ameaçou de morte. Ferida, mas consciente, a própria vítima chamou a PM, que prendeu o agressor.

O caso ocorreu entre a noite de domingo e a madrugada de segunda-feira. De acordo com a delegada Liliane Diogo, o motivo da agressão seria ciúme, mas o homem não revelou muitos detalhes à polícia. Segundo um relato inicial, a mulher teria passado alguns dias fora de casa, e o marido a esperou. Quando ela chegou, foi atacada com uma faca. "Ela relatou que assim que chegou em casa, o marido estava meio escondido com uma faca e ameaçou matá-la", contou a delegada, que ouviu a vítima nesta terça-feira.

O homem usou a faca para cortar parte do escalpo da mulher. Apesar de estar ferida e perdendo muito sangue, a vítima permaneceu consciente e conseguiu chamar a Polícia Militar, que prendeu o homem em flagrante. De acordo com a delegada, o agressor vai ser indiciado por tentativa de homicídio, mas ainda não se sabe se por motivo torpe, qualificante que pode aumentar a pena.

"Vamos comprovar ouvindo outras pessoas para ver se a motivação é torpe, mas provavelmente vamos permanecer com a tentativa de homicídio", disse Liliane. "Ela perdeu muito sangue, poderia ter morrido. Se a intenção dele era agredir, ele acabou se excedendo, assumindo o risco de matar. E além disso, ela confirmou no depoimento que ele disse que ia matá-la."

Após o crime, a mulher foi socorrida a um hospital do município, onde passou por uma cirurgia, e recebeu alta nesta terça-feira. O inquérito policial deve ser concluído até semana que vem. O homem segue detido no Centro de Detenção Provisória na cidade.