Passeata homenageia jovem morto por causa de R$ 7 no litoral de SP

Mais uma passeata em homenagem a Mário dos Santos Sampaio, morto a facadas por conta de R$ 7, foi realizada na manhã deste sábado, no Guarujá, litoral de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, cerca de 300 pessoas saíram do restaurante onde o jovem foi morto e seguiram em direção ao Fórum da cidade, pedindo justiça às autoridades locais que cuidam do caso.

No último dia 6 já havia ocorrido uma passeata na cidade de Campinas, interior de São Paulo, onde Mário morava, reunindo centenas de pessoas.

José Adão Pereira dos Passos, 55 anos, autor das facadas que mataram o estudante, foi preso temporariamente por 30 dias na última quarta-feira. A determinação partiu da juíza responsável pelo caso após uma das testemunhas desmentir a versão de seu depoimento.

Entenda o caso

Mário dos Santos Sampaio foi sepultado na última quarta-feira no Cemitério da Saudade, em Campinas. A vítima foi morta com duas facadas na noite de 31 de dezembro no restaurante Casa Grande, no Guarujá. Estudante de Administração e morador de Campinas, ele chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu aos ferimentos. Segundo a namorada de Mário Sampaio e dois amigos, que afirmaram ter presenciado o crime, a agressão ocorreu por causa da diferença de R$ 7 no preço da refeição. O publicitário Rauany Neves Farias disse que o valor da refeição divulgado pelo estabelecimento era R$ 12,99, mas na hora de pagar a conta foi cobrado R$ 19,99.

Segundo ele, o universitário ficou indignado com a alteração do valor da comida - ele relatou que quando todos chegaram, o preço estampado nas placas fixadas fora e dentro do restaurante era R$ 12,99, mas foi alterado durante a refeição. Farias contou que Sampaio reclamou da mudança de preço e por causa disso houve uma discussão com o caixa, que chamou o gerente. Os amigos do universitário contaram à polícia que o filho do dono do restaurante ameaçou o grupo, dizendo que a questão seria "resolvida do lado de fora" do estabelecimento.