SP: vereadores negam empossar vice de Nazaré Paulista em presídio  

Os vereadores de Nazaré Paulista, no interior de São Paulo, negaram nesta sexta-feira o pedido do vice-prefeito eleito da cidade, Itamar Damião (PSC), para que a Casa enviasse um represente ao Centro de Detenção Provisória de Pinheiros, na capital, onde o político está preso desde novembro, para que ele tome posse do cargo. A informação foi confirmada pela assessoria da Câmara.

Em uma reunião que durou mais de duas horas, os vereadores rechaçaram a possibilidade de empossar o vice no presídio. No entanto, não houve quórum para votar o pedido para que o prazo para a posse fosse suspenso.

Dos 11 vereadores, dois faltaram à sessão e dois se retiraram antes do término da reunião. De acordo com a assessoria da Câmara, o pedido feito por Damião para suspender o prazo da posse poderá ser votado na terça-feira da semana que vem, em nova sessão extraordinária.

 O vice-prefeito foi preso pela operação Durkheim da Polícia Federal (PF). Ele é suspeito de liderar uma quadrilha que quebrou e comercializou dados sigilosos de juízes, políticos e empresários. No total, 33 pessoas foram detidas na ação da PF.