Governo anuncia suspensão de 225 planos de saúde

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e o diretor-presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), André Longo, anunciam nesta quinta-feira (10), em Brasília, nova rodada dos nomes de operadoras e planos de saúde que terão a comercialização de produtos suspensa.

Esta é a terceira vez que o Ministério da Saúde adota esta medida.

Vão ser suspensos 225 planos de saúde de 28 operadoras. Eles não cumpriram os prazos máximos para marcação de consultas, exames e cirurgias.

Durante a suspensão, por três meses, os planos não poderão aceitar novos clientes, para que nesse período melhorem o atendimento.