RS: bandidos teriam fugido por preocupação da polícia com reféns

O secretário de Segurança do Rio Grande do Sul, Airton Michiles, disse nesta sexta-feira, em Porto Alegre, que a preocupação em libertar os reféns feitos por uma quadrilha de assaltantes na serra gaúcha, no final de semana, permitiu que os bandidos conseguissem driblar o cerco montado pelas forças de segurança.

"Tivemos toda a cautela (com os reféns) e assumimos operacionalidades que permitiram com que a quadrilha fugisse e fizessem mais reféns na fuga", disse o secretário. No entanto, para ele, isso não prejudica, de forma alguma, a imagem da polícia nesse episódio, considerado por ele como um dos marcantes dos últimos tempo na crônica policial recente.

O secretário informou ainda que sete dos bandidos já foram identificados, além de um oitavo, ainda não identificado, que teria conseguido fugir no dia da ação criminosa. Quatro deles estariam na região metropolitana de Porto Alegre, onde conseguiram chegar com a ajuda de comparsas. Os bandidos foram abordados pela polícia durante um assalto a uma fábrica de joias na cidade de Cotiporã, na serra gaúcha, na madrugada de domingo. Na fuga, eles entraram em confronto com a polícia, e fizeram reféns fugindo para a mata.