Após ser preso em Manaus, suspeito de matar goleiro confessa crime

A Polícia Civil do Amazonas prendeu, na última quarta-feira, o acusado de assassinar o goleiro de um time de futebol de Manaus no dia 22 de dezembro. Heberson Monteiro Lopes, 22 anos, conhecido como Pesadelo, confessou ter assassinado Cleuton Ferreira Frade, 35 anos, com a justificativa de que estava sendo ameaçado.

De acordo com a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Pesadelo foi agredido “com um murro” pelo goleiro após furtar um brinquedo do sobrinho da vítima e jurou vingança. Após confessar o crime, o acusado foi encaminhado para a cadeia pública desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde aguardará julgamento pelo crime de homicídio qualificado por motivo fútil.

A DEHS investiga se Pesadelo teria participação em outros crimes. “Recebemos denúncias e estamos investigando o possível envolvimento de Heberson em seis outros homicídios”, disse o delegado Raphael Correa.