Aeroportos cancelam 36 voos e outros 31 sofrem atrasos

Muitos passageiros ainda retornam para casa após o feriado de Réveillon nesta quarta-feira. Segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), até as 10h de hoje, dos 817 voos domésticos programados, 31 (3,8%) sofreram atrasos e outros 36 (4,4%) foram cancelados. Entre os 65 voos internacionais em todo o País, oito (12,3%) sofreram atrasos e outros cinco (7,7%) foram cancelados.

Segundo o balanço divulgado pela Infraero, os aeroportos Antonio Carlos Jobim/Galeão e Santos Dumont, no Rio de Janeiro, apesentavam 6 cancelamentos cada, o que representava 12,8% e 12% dos 50 e 47 voos programados, respectivamente. Houve um atraso no Galeão (2,1%) e dois (4%) no Santos Dumont.

Em São Paulo, o Aeroporto de Guarulhos registrava cinco cancelamentos (7,2% dos 69 programados), e o de Congonhas apresentava dois (3,2% dos 62 previstos), além de três (4,3%) e dois (3,2%) voos atrasados, na sequência.

O aeroporto com mais atrasos até o momento é o Tancredo Neves (Confins), em Belo Horizonte, onde quatro voos demoraram mais que o previsto, o que equivale a 8,2% dos 49 programados. Houve dois voos cancelados (4,1%).

Recife, Curitiba, Brasília e Belém também tiveram, cada, dois voos cancelados. Na ordem, eles tinham 33, 34, 43 e 27 voos agendados. Percentualmente, a capital paraense tinha a situação mais crítica (7,4%). Houve cancelamento também nos aeroportos de Pampulha, em Belo Horizonte, em Florianópolis, Porto Velho e Rio Branco, além de Capinas (SP), Ilhéus (BA) e Londrina (PR).