ACM Neto diz que não quer ser cobrado pelo início da gestão

ACM Neto assumiu como prefeito de Salvador nesta terça-feira. Eleito com 717.865 votos, ele foi empossado ao lado da vice, Célia Sacramento (PV), e os 43 vereadores na Câmara Municipal da capital baiana. No discurso de posse, o novo chefe da administração municipal disse que não pode ser cobrado pelo início da gestão, mas pelo mandato todo.

"Os primeiros meses da minha gestão vão ser de muito trabalho duro, de medidas austeras, mas ainda de pouco para colher. É preciso ter alguma paciência. Não podemos atropelar as etapas que, necessariamente, precisamos percorrer. Quero ser cobrado pelo que fiz em meu mandato, não pelo que fiz em 100 dias, seis meses ou um ano. Mas, reafirmo, em seu tempo, meus compromissos assumidos serão cumpridos."

No discurso, ACM Neto afirmou que o prefeito precisa "saber modernizar seu funcionamento, mas sem ferir suas tradições. Precisa compreender que essa cidade é um patrimônio que tem de ser preservado para as futuras gerações. Mas, ao mesmo tempo, não podemos esquecer que Salvador é uma cidade viva, dinâmica e que não para de se transformar"

Quanto à Copa do Mundo de futebol, o novo prefeito disse que vai buscar uma relação cordial com os governos federal e estadual e que Salvador terá um "tratamento digno de sua importância para a nação". ACM Neto disse ainda que os investimentos tragam benefícios reais para a cidade.