PF faz operação contra médicos que fraudavam licitações na Bahia

A Polícia Federal desencadeou na manhã desta terça-feira uma operação para combater fraudes em licitações relacionadas ao fornecimento de serviços médicos em prefeituras do sudoeste da Bahia. Oito mandados de de busca e apreensão seriam cumpridos com apoio da Receita Federal e do Ministério Público Federal. 

A PF não divulgou o nome nem o número de cidades envolvidas. De acordo com as investigações da operação Medicina Legal, os serviços médicos que ganhavam as licitações eram feitos parcialmente, ou simplesmente não eram prestados. 

Outra prática detectada pela Receita Federal era a sonegação fiscal do imposto de renda pelos integrantes desta organização. Segundo a Polícia Federal, a organização é formada principalmente por médicos. Eles deverão responder na Justiça Federal por crime contra a ordem tributária, falsificação e uso de documento público e fraude à licitações.