Comissões ouvem ministro da Justiça sobre Operação Porto Seguro

As comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, e de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara ouvem o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, hoje, às 10 horas, sobre a Operação Porto Seguro, da Polícia Federal (PF). O ministro também foi convidado pelo Senado para falar sobre esse mesmo tema, na quarta (5).

A audiência com Cardozo na Câmara havia sido marcada para a semana passada e trataria apenas da crise da segurança pública de São Paulo. O debate foi adiado para incluir na pauta a Operação Porto Seguro, que investiga um suposto esquema de fraude de pareceres técnicos de órgãos públicos com a finalidade de beneficiar empresas privadas. A operação resultou no indiciamento de 18 pessoas.

A comissão também quer discutir com o ministro detalhes da Operação Durkheim, que indiciou 57 pessoas e prendeu outras 27 na semana passada. O grupo é acusado de violar sigilos fiscal, telefônico e bancário. Entre as vítimas, a PF diz que estão um ex-ministro, um senador, dois prefeitos, dois desembargadores, uma filial de uma emissora de televisão e um banco.