Documento do governo federal orienta políticas sobre educação alimentar

Brasília – Os ministérios do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), da Saúde (MS) e da Educação (MEC) lançaram hoje (30) o Marco de Referência em Educação Nutricional e Alimentar, documento oficial para guiar as políticas públicas sobre educação alimentar e nutricional.

De acordo com o MDS, o objetivo é consolidar práticas e conceitos da educação alimentar e permitir uma atuação multidisciplinar sobre as políticas que promovem o direito a uma alimentação adequada, previsto na Constituição e em tratados internacionais.

O Marco de Referência servirá de base para a revisão do Guia Alimentar da População Brasileira, publicado pelo MDS em 2006 e atualmente em fase de atualização.

Além disso, o espaço virtual Ideias na Mesa, primeiro desdobramento do Marco de Referência, entrou no ar. Destinado à discussão permanente sobre educação alimentar e nutricional, a rede virtual foi criada para compartilhar experiências de pessoas, instituições do governo e organizações da sociedade civil.

O Marco de Referência foi criado a partir de discussões entre representantes dos três ministérios, de universidades e da sociedade civil. De acordo com a Secretaria de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS, o aumento da renda média do brasileiro não significou melhoria na qualidade dos alimentos consumidos pelas famílias.

Para a secretaria, no momento atual, é importante incentivar o debate sobre o que o brasileiro consome, como a qualidade da alimentação reflete na saúde dos brasileiros e qual é a melhor forma de abordar as questões ligadas à alimentação na elaboração e execução de políticas públicas.