Leitura de relatório da CPI do Cachoeira é suspensa logo após ser iniciada  

Depois de bate-boca e muita discussão sobre procedimentos regimentais, o relator da CPI do Cachoeira, deputado Odair Cunha (PT-MG), finalmente iniciou a leitura de seu relatório final. Mas logo depois a reunião destinada à leitura foi interrompida.

Parlamentares da oposição reclamaram por não terem sequer uma cópia do resumo apresentado na reunião. Diante de questão de ordem apresentada pelo deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP), a sessão foi suspensa  pelo presidente da CPI, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), até a distribuição do sumário. 

O relator optou por apresentar um resumo de seu texto, visto que o documento original contém mais de 5000 páginas. Antes de iniciar a leitura, Odair adiantou que já retirou as partes 6 e 7, relativas ao indiciamento de cinco jornalistas e ao pedido de investigação contra o procurador-geral da República, Roberto Gurgel.

Diante dos pedidos de vista, o relatório não será votado nesta sessão.

Agência Senado