Valor mínimo por aluno em 2012 é menor que estimativa do MEC

O Ministério da Educação (MEC) publicou no Diário Oficial da União desta terça-feira o valor mínimo gasto por aluno em 2012 no país. A média ficou em R$ 2.091,37, o que corresponde a R$ 5,31 mais baixo que a estimativa do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), feita no fim de 2011.

O valor é superior ao mínimo definido em 2012, de R$ 1.722,05. O número é usado como base para calcular quanto as redes de ensino (municipal e estadual) aplicam para custear as matrículas de cada etapa da educação básica - creche, pré-escola, ensino fundamental e médio. Estados que não atingem o valor mínimo por aluno recebem complementação da União.

O valor foi calculado com base na arrecadação dos impostos e contribuições que compõem o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).