Romário critica Del Nero e Marin: "Não podemos deixar na mão desses caras"

Em seu perfil no Facebook, o deputado federal Romário (PSB-RJ) repercutiu a operação da Polícia Federal que fez uma busca por documentos na casa do presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Marco Polo Del Nero, e deteve o dirigente para prestar esclarecimentos nesta segunda-feira. Com palavras fortes, o ex-jogador protestou na rede social contra os atuais mandatários da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) - o presidente José Maria Marin e o vice, Del Nero.

"Não podemos deixar o futebol brasileiro na mão desses caras, o atual presidente da CBF é ladrão de medalha, o vice é esse que está com a polícia no seu calcanhar", escreveu Romário, lembrando o episódio em que Marin embolsou uma medalha durante a premiação da Copa São Paulo de 2012.

O deputado também voltou a defender a realização de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os negócios da CBF. "Espero que meus companheiros de Brasília entendam o quanto essa CPI da CBF é importante para o futebol brasileiro. A Copa está chegando, temos que dar dignidade e respeito ao nosso esporte", disse Romário, encerrando ainda com uma lamentação: "que fase..."