Onda de violência derruba aprovação de Alckmin

Constatação é da pesquisa divulgada pelo Datafolha

Uma pesquisa do Datafolha apontou que o índice de paulistanos que consideram o governo ótimo ou bom caiu de 40% em setembro de 2012 para 29% na última quinta-feira, 22 de novembro. No mesmo período, o percentual dos que avaliam a gestão como ruim ou péssima subiu de 17% para 25%. 

Há dois meses, o índice de quem acha o governo regular era de 40%. Agora, subiu para 42%. A derrubada da aprovação do governador Geraldo Alckmin (PSDB), de acordo com o estudo, é a onda de violência que atinge São Paulo. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

A pesquisa aponta que a avaliação de Alckmin no quesito segurança é pior do que a do então governador Cláudio Lembo durante os ataques do Primeiro Comando da Capital (PCC) em maio de 2006, quando 154 pessoas morreram em oito dias. 

Alguns indicadores oficiais apontam que a violência está aumentando durante a atual crise. Em outubro, o número de vítimas de homicídios dolosos (praticado com a intenção de matar) saltou 113% quando comparado ao mesmo mês de 2011. Para 55% dos paulistanos, Alckmin é responsabilizado diretamente pelos ataques. Além disso, 71% (ou 3 em cada 4 pessoas) acredita que o governador está escondendo informações sobre as mortes das últimas semanas.

>> Acompanhe os números da violência neste domingo (25)