UFRPE destinará 50% das vagas para alunos da rede pública

A Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), por meio dos Conselhos Superiores, aprovou, a terça-feira, o percentual de 50% das vagas dos cursos de graduação para alunos da rede pública de ensino já em 2013. A proposta da implantação do Sistema de Cotas prevê que o percentual completo incida sobre o total de vagas da próxima seleção de alunos, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), cujo acesso é a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2012.

Dentro dos 50% das cotas, haverá ações afirmativas específicas direcionadas a questões sociais e raciais. A cota social ¿ estudantes de famílias que recebem até 1,5 salário mínimo - e a racial (negros, pardos e índios) serão definidas por meio do Sisu, a partir do cruzamento de dados fornecidos pelos inscritos e pelos parâmetros do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Embora a Lei de Cotas preveja a efetivação da política até o ano de 2016, os membros dos Conselhos Superiores da UFRPE votaram na proposta por unanimidade. De acordo com a pró-reitora de Ensino de Graduação da UFRPE, professora Mônica Lins Santiago, atualmente 50,34% dos alunos da UFRPE já são oriundos de escolas públicas. "Com a implementação da política, haverá apenas uma uniformização de cursos e turnos, já que alguns cursos não atendiam a esse percentual", afirma.

De acordo com o vice-reitor da UFRPE, professor Marcelo Carneiro Leão, a política se baseia nos exemplos positivos de políticas de cotas de outras universidades brasileiras, cujos dados demonstram que os cotistas possuem rendimento acadêmico semelhante aos não-cotistas e também apresentam índice de evasão bem menor. "Agora precisamos trabalhar fortemente para consolidar e ampliar nossa política de ações afirmativas, e garantir a permanência de nossos alunos", declara.

O cronograma de seleção, assim como o das universidades que utilizam o Sisu, será divulgado após a publicação da nota do Enem. Em 2012, a UFRPE ofereceu 3.340 vagas para 44 cursos nos campi do Recife, de Garanhuns e de Serra Talhada.