Itamaraty oferece abrigo a brasileiros que vivem perto da faixa de Gaza

Os cerca de mil brasileiros que vivem no sul de Israel, na região mais próxima à faixa de Gaza, decidiram ficar em suas casas mesmo após a embaixada do Brasil em Tel Aviv ter oferecido abrigo temporário. Por ser alvo dos ataques de foguetes disparados pelo Hamas, a região é considerada de alto risco. De acordo com o Itamaraty, foi oferecida estadia em albergues e residências de outros brasileiros que moram em locais mais distantes.

De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, os brasileiros contatados agradeceram a ajuda, mas preferiram não sair do local. Na região, grande parte das casas possui infraestrutura para resistir aos ataques e a maioria delas têm abrigos antibombas.

Segundo o Itamaraty, cerca de 10 mil brasileiros vivem em Israel, mas apenas mil deles estão em regiões mais próximas ao conflito. A maior parte da comunidade brasileira mora em Jerusalém e Tel Aviv.