Governador do DF pede empenho na apuração de morte de funcionário da CEB

Brasília – O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, pediu empenho na apuração da morte de um funcionário da Companhia Energética de Brasília (CEB) ocorrida ontem (15) durante explosão no Ministério do Esporte. Em nota, o governador lamentou o episódio.

O eletricista Wilson de Pádua Pires trabalhava em uma subestação localizada no subsolo do prédio quando um dos geradores explodiu. O Corpo de Bombeiros tentou reanimar o funcionário, que foi levado para o Hospital de Base, mas acabou não resistindo aos ferimentos.

O outro funcionário ferido durante o incidente, José Pereira dos Santos, foi transferido do Hospital Regional da Asa Norte (Hran) para o Hospital Daher na noite de ontem. Segundo a assessoria de imprensa da unidade, ele segue em estado grave na unidade de terapia intensiva (UTI). Um boletim médico deve ser divulgado hoje (16) até as 14h.

“O governador e o governador em exercício [Tadeu Filipelli] determinaram que a CEB e os demais órgãos competentes do governo do Distrito Federal prestem total apoio às famílias dos dois trabalhadores. Eles também pediram empenho na apuração do caso, de forma que as causas do acidente sejam totalmente esclarecidas, com a maior brevidade possível”, informou o comunicado.