SP: cratera suspende aulas em escola de Cubatão 

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo informou nesta sexta-feira que as aulas na Escola Estadual Lincoln Feliciano, em Cubatão, ficarão suspensas na próxima semana até que haja um laudo sobre a estrutura do prédio. Uma cratera "engoliu" metade de uma sala de aula na unidade. Além da classe, metade da escola está interditada devido a rachaduras e vazamentos.

Segundo nota divulgada pela secretaria, toda a ala da sala onde o piso cedeu já havia sido isolada preventivamente. Uma empresa especializada fará uma análise do imóvel, construído na década de 1960 pela administração municipal, que não tem projeto estrutural da edificação.

Após o estudo, será definido se as atividades escolares poderão ser retomadas na escola ou se será preciso interditar o prédio até que sejam feitas as obras necessárias no local. Ainda conforme a nota, se for o caso, os estudantes serão remanejados para outras unidades de ensino da região. O conteúdo pedagógico será reposto de modo que os alunos tenham todas as atividades previstas no calendário escolar.

A Diretoria Regional de Ensino de Santos se reunirá na próxima segunda-feira com alunos, pais, professores e demais membros da comunidade escolar para informar sobre as providências adotadas e fazer os esclarecimentos necessários.