RS: ação prende suspeito de roubo a banco com uso de explosivo 

A Polícia Federal e a Brigada Militar prenderam na manhã desta quarta-feira em Gravataí, região metropolitana de Porto Alegre, um homem de 33 anos investigado pelo roubo a uma agência bancária da Caixa Federal em Feliz, em 31 de julho, com utilização de explosivos. De acordo com o delegado Mauro Vinícius Soares de Moraes, o suspeito é considerado um dos principais envolvidos nessa prática criminosa.

O criminoso está condenado pela Justiça a mais de 60 anos de prisão e já teria atuado com o grupo de Paulo Seco, considerado um dos maiores ladrões de banco com o uso de explosivos no Estado. Também é suspeito do assassinato de um capitão da Brigada Militar e de outros roubos a banco no Estado com utilização de explosivos.

"Ele é um dos grandes integrantes dessa organização criminosa que pratica esse tipo de delito. Temos convicção que demos um passo importanta para diminuir e acabar com esse tipo de crime que tem causado enormes transtornos para a população gaúcha. Essa prisão é um marco para isso", afirmou o delegado.

No momento da abordagem, o preso foi flagrado portando uma pistola 9mm de uso restrito, colete a prova de balas, documento falso, diversos celulares e cerca de 20 chips de telefone.