Rodovias de SP registram tráfego bom na volta do feriado da Independência

A volta do feriado nas principais rodovias de São Paulo era tranquila para os motoristas na manhã deste domingo. Quem optou por voltar para a capital pelo Sistema Anchieta Imigrantes por volta das 8h de hoje gastou, em média, 52 minutos para fazer o percurso. A Ecovias, concessionária que administra o sistema, implantou a operação subida para melhorar o fluxo de veículos. As seis pistas da Imigrantes operam no sentido capital, enquanto as quatro pistas da Anchieta operam no sentido litoral.

Na região de baixada, o trânsito também era bom na Padre Manoel da Nóbrega e na rodovia Cônego Domênico Rangoni, também conhecida como Piaçaguera-Guarujá.

Para quem voltava do interior, o trânsito também era bom na rodovia Ayrton Senna, que liga a capital ao vale do Paraíba. Os motoristas não enfrentavam congestionamento em nenhum dos sentidos da via. As condições eram boas também em todos os trechos da rodovia Presidente Dutra. que liga São Paulo ao Rio de Janeiro.

Quem optou em ir para Minas Gerais pela Fernão Dias, a volta na manhã deste domingo era tranquila, com alguns pontos de lentidão. Saindo de Belo Horizonte, os motoristas enfrentam trechos de obra no km 482, em Contagem; km 487, em Betim; km 543 em Itaguara; do km 687 ao km 689, em Perdões, e no km 4 do trecho paulista, na cidade de Bragança Paulista. Além disso, a concessionária que administra a rodovia registrava um tombamento no km 721, em Carmo de Cachoeira. Apesar das interdições, o tráfego fluía normalmente.

A Viaoeste, concessionária que administra as rodovias Castello Branco e Raposo Tavares, não registrava nenhuma ocorrência nessas rodovias. O tráfego era considerado bom no início da manhã.

Na Régis Bittencourt, que Liga Curitiba a São Paulo, o retorno do feriado também ocorria sem problemas para os motoristas, que enfrentavam uma interdição parcial na região de Cajati, por causa de um deslizamento de terra no km 508. Além disso, um trecho de obras interditava uma das faixas no km 331, em Juquitiba, sem provocar lentidões.

No Sistema Anhanguera/Bandeirantes também não era registrado nenhum tipo de lentidão, nos dois sentidos.

Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro, a Autopista Fluminense registrava lentidão na BR-101, no trecho que liga Niterói ao Espírito Santo. De acordo com a concessionária, os motoristas enfrentavam lentidão no km 320 da pista sentido Espírito Santo, em Niterói, por causa do excesso de veículos. Na mesma pista, o tráfego intenso também provocava congestionamentos entre o km 303 e o km 293. No sentido contrário, era registrada uma interdição parcial no km 281, em Itaboraí, por causa de obras, mas o tráfego fluía normalmente.

Na ponte Rio-Niterói, os motoristas atravessavam tranquilamente nos dois sentidos, sem nenhuma lentidão. Na rodovia Presidente Dutra, no trecho fluminense, a concessionária também não registrava nenhuma ocorrência e o tráfego era bom. Na Via Lagos (RJ-124), os motoristas não enfrentavam lentidão na volta do feriado.

Rio Grande do Sul

A BR-290, conhecida como Freway, registrava baixo movimento às 9h de hoje. Segundo a concessionária, 45 mil devem voltar do litoral usando a rodovia. O movimento deve ser intenso nos turnos da tarde e noite, principalmente após as 15h.

Neste sábado, foi possível acompanhar o retorno antecipado de alguns motoristas. Até a meia-noite, 17.300 veículos já tinham passado por Santo Antônio da Patrulha em direção a Porto Alegre.

Santa Catarina

Em Santa Catarina, a BR-101 apresentava movimento tranquilo na parte da manhã. A expectativa era de que a rodovia recebesse um aumento de 60% no número de veículos. Segundo a concessionária, o horário de maior movimento seria entre 10h e 22h.