Dilma recebe a Bandeira Olímpica

Símbolo do início da jornada do Rio de Janeiro como cidade-sede da próxima Olimpíada, a Bandeira Olímpica passou nesta manhã pelo Palácio do Planalto, sede da Presidência da República, em Brasília. 

Em seu gabinete, a presidente Dilma Rousseff recebeu autoridades políticas do Rio, o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, e os irmãos medalhistas no boxe, Esquiva e Yamaguchi Falcão, respectivamente prata e bronze em Londres.

Ao deixar Brasília, a Bandeira Olímpica vai passar por diversos lugares do Rio de Janeiro, como o Morro do Alemão, Realengo e a Praça do Canhão. A bandeira ficará na capital fluminense até a próxima edição dos Jogos Olímpicos, em 2016, exposta à visitação na sede da prefeitura.

O símbolo foi entregue ao prefeito Eduardo Paes na Cerimônia de Encerramento dos jogos de Londres. A passagem foi simbólica, com a participação do prefeito de Londres, Boris Johnson, e do presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Jacques Rogge.

Em Londres, o Brasil terminou em 22º lugar no quadro de medalhas, com três de ouro, cinco de prata e nove de bronze. O saldo foi superior ao esperado pelo COB (15 medalhas), mas aquém da expectativa do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, que esperava 20 medalhas.