Operação-padrão da PF provoca filas no Aeroporto Internacional de Guarulhos 

São Paulo – Os passageiros de voos internacionais enfrentam filas no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo, em função da operação-padrão dos policiais federais que começou na tarde de hoje (9). Segundo o presidente do do Sindicato dos Servidores Públicos da Polícia Federal de São Paulo, Alexandre Santana Sally, as filas ocorrem na área de embarque, especialmente no terminal 2.

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) confirmou que o movimento está causando problemas no embarque de passageiros. Até as 19h, o aeroporto registrava um índice de 19,7% de atrasos nos voos internacionais; 14 das 71 partidas saíram fora do horário previsto.

De acordo com Sally, a operação-padrão é uma forma de demonstrar a falta de pessoal para atividades como de fiscalização de bagagem, vistoria de porões de aviões e segurança do aeroporto. “Nós não temos estrutura para atender a grandes demandas, como a Copa do Mundo e as Olimpíadas”, disse. A categoria entrou em greve na terça-feira (7) e reivindica melhoria nas condições de trabalho e reajuste salarial.

A operação também ocorre no Porto de Santos, mas segundo a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), o movimento ainda não repercutiu nas atividades portuárias. Na manhã de hoje, haviam 74 navios fundeados (aguardam para entrar no porto) e 36 navios atracados, o que é considerado uma situação normal.