Proteção aos rios pode ser reduzida por mudança aprovada pela Comissão Mista 

Responsável pela análise prévia da medida provisória editada para preencher lacunas do Código Floresta, a comissão mista  aprovou hoje (8) mudanças na MP, que alteram ainda a exigência de áreas de preservação em beiras de rios, o que pode reduzir drasticamente sua proteção.

A exigência de Área de Preservação Permanente (APP) nas margens de rios foi o ponto mais polêmico da discussão.