Operação Ágata 5 apreende 11,7 mil quilos de explosivos e drogas

A mobilização de tropas militares nas regiões de fronteira sul e oeste do Brasil resultou na apreensão de 11,764 kg de explosivos no Rio Grande do Sul e Mato Grosso. A maior carga foi localizada em Itiquira, região de Rondonópolis (MT), estocada num caminhão que transportava o produto para pedreiras da região, sem autorização. Somente no veículo, os militares encontraram 11,614 quilos. 

Na segunda-feira (6), soldados do Exército com apoio de agentes da PolÃícia Federal apreenderam 150 kg de dinamite nos municípios gaúchos de Ametista do Sul e Frederico Westphalen.

Além da dinamite, as tropas encontraram 9 mil metros de cordões, 315 espoletas, 300 kg de maconha, seis armas e 86 volumes com materiais considerados irregulares. 

Esses são os primeiros resultados da Operação Ágata 5, deflagrada no iní­cio da semana numa área de 3,9 mil km de fronteiras com o Uruguai, Argentina, Paraguai e Bolí­via. Nas últimas horas, a participação de tropas se intensificou e chegam a 17 mil militares no patrulhamento nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul. Isso representa aumento de 70% do contingente militar e civil na fronteira.

Hoje pela manhã, o ministro da Defesa, Celso Amorim; o comandante do Exército, general Enzo Martins Peri; e o chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), general José Carlos De Nardi, e auxiliares, realizaram visita na área da operação