Em viagem não programada, Dilma vai a SP visitar Lula no hospital 

A presidente Dilma Rousseff está em trânsito na manhã desta segunda-feira rumo a São Paulo, onde encontrará seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva, no hospital Sírio-Libanês, afirmam fontes da Presidência da República. Lula voltou a ser internado para realizar uma série de exames, que avaliarão seu estado de saúde.

O ex-presidente foi internado às 6h45 desta segunda-feira para realizar exames de rotina. A assessoria de Lula explica que se trata de monitoramento periódico em razão do seu tratamento. Ele deve deixar o hospital ainda hoje.

Dilma passou menos de duas horas no Palácio do Planalto, onde teve agenda interna, e deixou seu gabinete pouco antes das 11h a caminho da capital paulista. Oficialmente, a Secretaria de Comunicação da Presidência confirma a viagem, mas afirma que a presidente terá uma "agenda particular".

Segundo interlocutores próximos a Lula, Dilma mantém contatos regulares com Lula ao telefone e vem se mostrado preocupada com a condição de saúde do antecessor desde que ele recebeu um diagnóstico de câncer na laringe no ano passado.

Petista influente, Lula vem trabalhando de maneira assertiva na campanha de Fernando Haddad para a prefeitura de São Paulo. Para poupar a garganta, ele vem reduzindo o ritmo de sua agenda e tem aparecido menos em público.