BNDES libera nova parcela de R$ 65 mi para reforma do Mineirão 

O BNDES liberou na semana passada uma parcela de R$ 65 milhões para a Minas Arena, empresa responsável pelas obras do Mineirão e pela operação do estádio, segundo informação da Secretária de Estado Extraordinária da Copa do Mundo.

De acordo com parecer do mês passado - 9 de julho - do Tribunal de Contas de Minas Gerais, não existe pendência que impeça o repasse do BNDES para os obras realizadas no Mineirão visando a Copa do Mundo e a Copa das Confederações.

A empresa responsável pelas obras no Estádio do Mineirão já recebeu R$ 325 milhões dos R$ 400 milhões previstos no financiamento do BNDES para a reforma da sede mineira do Mundial de 2014. Os R$ 75 milhões restantes devem ser liberados em mais duas parcelas até o final do ano.

A previsão para a entrega do estádio com as obras finalizadas é dezembro deste ano. O Mineirão receberá três partidas das Copa das Confederações de 2013 e seis jogos da Copa do Mundo de 2014 - incluindo uma semifinal -, que o Brasil sediará.